06/02/2020 20:10:00

Conheça as representantes do Mato Grosso no Concurso Nacional de Prendas e Peões da CBTG que acontecerá no próximo fim de semana em Colombro Paraná

21º Congresso Brasileiro da Tradição Gaúcha Data: 14 e 15 de fevereiro de 2020 Local: Sede Social do CTG Querência Santa Mônica Colombo-PR

Sessão Solene de Abertura do 21º Congresso Brasileiro da Tradição Gaúcha e do 18º Concurso Nacional de Prendas e Peões Tradicionalistas da CBTG

De 14 a 16 de fevereiro, a cidade de Colombo no Paraná será sede de grandes eventos. O 21º Congresso Brasileiro da Tradição Gaúcha e do 18º Concurso Nacional de Prendas e Peões Tradicionalistas da CBTG que acontecerão na sede social do CTG Querência Santa Mônica.

Tradicionalistas de todos os MTGs, estarão presentes no evento e o Mato Grosso, terá no Concurso Nacional de Prendas e Peões, três representantes. Confira um pouco do perfil de nossas representantes a seguir.

-Nome completo: Raissa Boeing Hepp

-Região Tradicionalista: 3ªRT

Cargo: 2ª Prenda MTG/MT

-Atividade (profissional/estudante): estudante do curso de agronomia

-Atividades Sociais desenvolvidas em 2019 (Se participa de algum grupo ou clube social como igreja, Rotary, Lions, Léo, Massonaria, Demoley, etc): participo do grupo de jovens da Igreja

Como você vê a participação da Juventude Tradicionalista no Brasil, e qual a proposta você teria para fortalecer a união entre a Juventude Tradicionalista do Brasil bem como os MTG’s através da sua gestão?

Através do empenho das últimas gestões da CBTG, hoje podemos ver que a juventude tradicionalista do Brasil está cada vez mais ativa e participativa dentro do movimento. Projetos que promovem a troca de experiências e valores são, sem dúvida, o meio mais eficaz de garantir a união entre os tradicionalistas, entender as diferentes realidades e dificuldades e quem sabe, de algum modo, poder ajudar, assim se constroem grandes laços, grandes projetos e grandes ações dentro do movimento. 

Qual a importância da Juventude Tradicionalista para o fortalecimento do Movimento para os próximos anos?

A juventude tradicionalista é, literalmente, o futuro do movimento, e temos o papel de absorver todo conhecimento e experiências daqueles que já estão há mais tempo no tradicionalismo, para que, somado às nossas ideias e nossa energia, possamos garantir a continuidade e fazer com que o movimento preserve seus valores e tenhamos sempre o modelo ideal de tradicionalismo.

Qual a importância do Dpto Cultural da CBTG para as entidades Tradicionalistas e para os MTG’s?

Digo, por experiência própria, que o Departamento Cultural da CBTG inspira e serve de espelho para as demais entidades e federações, o sucesso dos eventos, projetos e ações movidos pelas prendas e peões da  CBTG se reflete em cada tradicionalista que os acompanha, e isso garante o fortalecimento e a união dentro do movimento.

Qual o principal sonho de ser Prenda / Peão na Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha?

O maior sonho e também objetivo é desempenhar com êxito meu papel como Prenda da CBTG, para que o meu legado também possa servir de inspiração para outros tradicionalistas, para que tenham vontade de fazer sempre mais em prol do movimento, assim como aconteceu comigo.

 

 

-Nome completo: Laysa Ferro Pereira

-Região Tradicionalista: 1ª RT

Cargo: 3ª Prenda do MTG// Secretaria do MTG MT da gestão 19/21

-Atividade (profissional/estudante): Estudante de direito

Pai Maçon, fazemos muitas filantropias como projetos do CTG com conjunto com algumas lojas maçônicas e capítulos demolay

Como você vê a participação da Juventude Tradicionalista no Brasil, e qual a proposta você teria para fortalecer a união entre a Juventude Tradicionalista do Brasil bem como os MTG’s através da sua gestão?

Acredito que a forma mais eficaz de manter o Brasil unido no movimento é primeiro através das redes sociais, é a forma que mais atinge as pessoas de todos os cantos do Brasil. A juventude tradicionalista é parte vital para o movimento organizado, assim como todas as tradições os costumes e princípios só se mantém vivos se forem passados de geração a geração.

Qual a importância da Juventude Tradicionalista para o fortalecimento do Movimento para os próximos anos?

Bom como na resposta anterior é ensinando as novas gerações a nossa cultura, nossos princípios e saberes que a tradição permanecerá viva, nós prendas e peões de faixas e crachás somos representantes destes que são mais novos, é como se fizéssemos uma ponte entre os saberes dos mais velhos passando de forma mais simplificado aos mais novos.

Qual a importância do Dpto Cultural da CBTG para as entidades Tradicionalistas e para os MTG’s?

O departamento cultural tem a importância de uma parte não só teórica sobre a tradição, mas também para a inserção da nossa cultura na sociedade, de fazer aqueles que estão de fora entrar em contato com os que estão dentro, além dos projetos sociais que são realizados

Qual o principal sonho de ser Prenda / Peão na Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha?

Bom ser prenda da Cbtg é um sonho para muitos, para mim será como o fim de uma jornada de concursos, mas uma continuidade de uma jornada de trabalhos pelo movimento, jornada essa que comecei no primeiro concurso e a partir deste não parei mais, eu costumo dizer que o movimento escolhe os seus soldados e eu estou na linha de frente pra mantê-lo, então esse cargo na CBTG vai vim pra fortalecer e dar continuidade.

 

 

 

-Nome completo: Aritanna da Silva Kuyumtzief

- Região Tradicionalista: 1ª RT

-Cargo: 1ª Prenda Veterana do Mato Grosso, Coordenadora Cultural da 1a RT, Diretora Cultural do CTG Aliança da Serra

-Atividade (profissional/estudante) Advogada e empresária

-Atividades Sociais desenvolvidas em 2019 (se participa de algum grupo ou clube social como igreja, Rotary, Lions, Léo, Massonaria, Demoley, etc): Não participo

 

Como você vê a participação da Juventude Tradicionalista no Brasil, e qual proposta você teria para fortalecer a união entre a Juventude Tradicionalista do Brasil bem como os MTG’s através da sua gestão?

Resposta: Vejo a participação da juventude tradicionalista no Brasil em uma crescente. É evidente que a cada dia os jovens tradicionalistas de todo o país se mostram mais engajados e preocupados com a perpetuação do Movimento Tradicionalista Gaúcho, com a preservação dos valores morais e éticos do Gaúcho. Como proposta para fortalecer a união entre a juventude, trago comigo a bandeira da formação tradicionalista. Se nos preocuparmos em formar e preparar nossos jovens para serem lideranças, para sentirem de fato o amor pelo tradicionalismo (na sua essência), garantiremos a preservação do nosso Movimento e, consequentemente, a união entre as futuras gerações.

 

Qual a importância da Juventude Tradicionalista para o fortalecimento do Movimento para os próximos anos?

Resposta: Essencial. O jovem tradicionalista é essencial para o fortalecimento do nosso Movimento. Devemos investir na juventude e na sua boa formação. Fazendo isso, estaremos garantindo a eternidade da nossa cultura e ajudando a formar pessoas melhores para a sociedade.

 

Qual a importância do Departamento Cultural da CBTG para as entidades Tradicionalistas e para os MTG’s?

Resposta: A excelência nas ações e projetos da Invernada Cultural é indispensável para que um CTG tenha alma, tenha essência. É através da Cultural que a comunidade tradicionalista se aprofunda nos conhecimentos sobre nossa origem, nossa história. Consequentemente, a Invernada Cultural na CBTG exerce papel fundamental junto às lideranças de cada MTG, o que cria uma corrente pela verdadeira essência do Gaúcho e reflete lá no início, no galpão do CTG, na comunidade local. É um Departamento que vem crescendo e se destacando nas mídias em todo o país, e isso têm refletido na Prendinha e no Peãozinho de cada entidade. Os trabalhos desenvolvidos a nível nacional se tornam exemplo e inspiração, e é disso que a juventude precisa.

 

Qual o principal sonho de ser Prenda / Peão na Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha?

Resposta: Ser Prenda da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha é um sonho de menina. Com o passar dos anos os sonhos amadurecem e percebemos qual nossa verdadeira missão dentro do Tradicionalismo. Posso dizer que hoje este sonho não é só meu, é um sonho de todo o MTG do Mato Grosso que me incentiva, apoia e encoraja. A bandeira da formação tradicionalista irá me acompanhar até Colombo no próximo mês, juntamente com a bandeira pela valorização das Prendas Veteranas: mulheres que se dedicam à essa causa por amor, por acreditarem na juventude e no poder transformador do tradicionalismo na vida de todos nós. Um cargo junto à CBTG é uma forma de levar o nome do MTG/MT no cenário nacional, mas, acima de tudo, é assumir um compromisso com a juventude de todo o país,  que vive a tradição gaúcha por amor, pela genuidade em 'ser tradicionalista'.

Fonte: Depto Cultural Andrea Bazzei